sábado, 12 de outubro de 2019

Conscientização sobre endometriose e falta de atendimento especializado

Foi proposta a elaboração de PL para a criação do Dia da Endometriose, buscando disseminar informações sobre a doença


Reunião com convidados para discutir sobre os assuntos compreendidos no campo temático desta comissão - 23ª Reunião Ordinária - Comissão de Mulheres

Uma doença que acomete cerca de 200 milhões de mulheres em todo o mundo, 10 milhões no Brasil, 1,32 milhões em Minas Gerais 210 mil em Belo Horizonte.
Em sua explanação, a diretora voluntária do Endometriose Mulheres – Minas Gerais, Patrícia Gomes Vilaça, explicou que a doença ginecológica é definida pelo desenvolvimento e crescimento de estroma e glândulas endometriais fora da cavidade uterina, resultando numa reação inflamatória crônica.
Segundo a presidente da Associação e Ministério Nacional e Universal de Endometriose, Infertilidade e Dor Crônica do Brasil (AMO) Acalentar, Maria Helena Nogueira, infelizmente, existem somente 0,01% de especialistas em endometriose no Brasil e a maioria dos médicos não conhece os sintomas, nem sabe, tampouco, como tratar a doença. Em geral, a dor associada à endometriose tende a ser descartada pelos profissionais e, portanto, subtratada.


Reunião com convidados para discutir sobre os assuntos compreendidos no campo temático desta comissão - 23ª Reunião Ordinária - Comissão de Mulheres Danielle Nunes Rosa de Oliveira, assessora parlamentar da Gabinetona, reforçou, por sua vez, o constrangimento enfrentado por essas mulheres, nas mais diversas esferas da sociedade.

Sandra Munoz, do Conselho Municipal de Saúde, sugeriu, na reunião, a realização de audiência pública na CMBH para discutir o tema, ressaltando a necessidade de um atendimento qualificado nos postos de saúde de Belo Horizonte.
O vereador Edmar Branco (Avante) propôs o encaminhamento de ofício à Secretaria Municipal de Saúde, para a realização de uma campanha de divulgação e orientações das pessoas sobre a doença.
A vereadora Cida Falabella (Psol) sugeriu às convidadas que sejam apresentadas  e encaminhadas à Comissão de Saúde. 
Também esteve presente na reunião a vereadora Bella Gonçalves (Psol).
Fonte: .cmbh.mg.gov.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para nós. Participe.

Veja mais