segunda-feira, 29 de outubro de 2012

PRIMEIRA PARCERIA INTERNACIONAL DO BLOG E DA ONG ACALENTAR!!

ENDO VIVE PLENA, DO MÉXICO

É com muito orgulho que anuncio a primeira parceria internacional do A Endometriose e Eu e da Ong Acalentar. Fomos convidados pela querida Eva Marina, da Associação Ibero-Americana de Endometriosis para uma Vida Plena, a Endo Vive Plena, do México, para encabeçar e divulgar no Brasil, a campanha informativa visando o diagnóstico precoce.No México, o diagnóstico demora cerca de nove anos, já por aqui, esse número varia entre 8 a 12 anos. Com muitas exceções, claro.  E eu sou uma delas, já que demorei 18 anos para saber o que eu tinha. Por isso, não pensei duas vezes em aceitar o convite de Eva, três semanas atrás. Afinal, tanto o blog quanto a Unifesp têm este mesmo desejo, que visa diminuir o sofrimento da nova geração de portadoras. Foi uma mistura de sensações, pois eu sempre falei aqui que é preciso haver a união das 176 milhões de portadoras do mundo todo, para que passamos a ser mais respeitadas po todos, inclusive, dos próprios médicos. E fazer uma parceria internacional era algo que eu queria há algum tempo. Agora, divido esta felicidade plena com todos vocês, que fazem o sucesso do blog. Primeiro, ela convidou o blog e, a partir daí, contei um pouco mais sobre o projeto da ONG Acalentar, que já pincelei várias vezes por aqui, mas por questão de segurança, é preciso esperar o momento certo para explicar melhor. O que posso garantir, é que este projeto vai salvar muitas vidas femininas do sofrimento, trazendo a essas mulheres, acalento, muito carinho e amor. Já estou terminando de traduzir a campanha do espanhol para o português, para espalhamos essa campanha em território brasileiro, com vídeos e panfletos em português. Além do Brasil, a campanha conta com a união da Fundação Porto-riquenha de Pacientes com Endometriose, da Endometriosis Panamá. Ela também faz parte da divulgação do 2° Congresso Internacional de Gestão Integrada da Endometriose, que se realizou entre os dias 26 a 28 de outubro (hoje), no México, sob a batuta de Eva e de sua fundação.

Mesmo sabendo que o A Endometriose e Eu é o blog que mais acessado no mundo todo sobre endo, confesso que fiquei emocionada ao ver o logo do blog nesta brilhante campanha. Eu, que sou apaixonada pela Frida Khalo, tenho entre os meus sonhos conhecer a Casa Azul, na Cidade do México, onde essa brilhante mulher viveu. Quem sabe em 2013, não conseguirei ir ao 3° congresso para palestrar e espalhar ainda mais a palavra endometriose. Afinal, eu fui a primeira mulher no mundo a falar abertamente sobre a condição de ficarmos assexuadas por conta da endo e também sobre dispareunia e a descrever os sintomas, as consequências e, principalmente, como é a dor desta devastadora consequência. Quando Deus me deu a inspiração necessária para criar este blog, eu jamais imaginei tudo que está acontecendo hoje. Só agora é que percebo o quão generoso nosso Pai é com suas filhas do bem. Ver o logo do blog num grande congresso com muitas mulheres e especialistas me faz ter certeza de que estamos no caminho certo e que não há nada que irá me fazer parar. Além do blog mais lido do mundo, o A Endometriose e Eu é o pioneiro não só em retratar o dia a dia de uma endomulher, dar voz a outras mulheres, mas foi o primeiro que reivindicou que a doença precisa ser reconhecida como uma doença social e de saúde pública pela nossa presidente, Dilma Rousseff, e, consequentemente, que todas as portadoras tenham diretos perante a lei, assim como todos outros de outras doenças crônicas. Para isso, continuem votando no blog, no Prêmio Top Blog Brasil 2012. Vote no original e não aceite imitações. Cada pessoa pode votar com seu e-mail facebook e ou twitter, passo a passo aqui. A votação vai até o dia 10 de novembro, às 14h.

Eu gostei muito do texto e vi que minha sintonia com a Eva é grande. Mesmo em espanhol, vocês irão entender muito bem, mas em poucas semanas, o vídeo e os cartazes estarão em português. A endo é muito mais que uma doença, é uma nova condição de vida, é uma doença que dói no corpo e na alma, uma dor sufocante, cortante, que nos aprisiona e eu também concordo que ter endometriose não é sinônimo de ser infértil. Eu gostei bastante do arame farpado em volta da barriga das modelos, pois é assim que sentimos essas dores, como pontadas de facas, agulhas. Com vocês a primeira parceria internacional do A Endometriose e Eu, este meu filhote lindo e cheio de luz que pouco mais de dois anos e meio de vida, já está colhendo frutos maravilhosos mundo afora. Em breve, esta campanha, que começou com a união de alguns países da América Latina, será lançada mundialmente, inclusive, na Europa e nos Estados Unidos. Fico arrepiada toda vez que assisto ao vídeo. Espero que gostem, assim como eu!! Aproveito para agradecer os mais de 200 mil acessos do blog e os mais de 1000 fãs na página do facebook. E no próximo sábado, dia 3 de novembro, às 10h,  todo mundo ligado na minha participação no programa "Ser Saudável", da TV Brasil.  Beijos com carinho!!




Peço a vocês que votem no Blog A Endometriose E Eu, vai te custar 1 minuto, mas para nós vai valer muito, precisamos de você para levar estas mensagens, Ajude-nos a Salvar vidas num simples gesto de apoio, isto nos leva mais longe neste caminho tão especial.

Vote e Chame os amigos para votar 
Clique Aqui

Endometriose sem máscaras, se você conhece alguém ou é um familiar de quem tem endometriose leia este livro, depois de ler repasse, este conhecimento pode salvar vidas e no mínimo Ajudar a Viver.
 
Magazine Acalentar
Amazon. com
Livraria Cultura




Veja mais