quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Ascende Uma Luz para o alívio da Dor Crônica

Uma maravilhosa inovação tecnológica vem em auxílio de homens, mulheres e adolescentes que sofrem com dores crônicas

 

Nossa Associação de Endometriose Infertilidade e Dor Crônica, vem lutando por meios que auxiliem a população que segundo estatísticas mostram que de 15 a 40% sofrem de dor crônica. E por incrível que pareça, mulheres portadoras de endometriose e adenomiose não fazem parte desta estatística, o que faz com que estes números sejam no mínimo 10% mais.
A dor cursa com inúmeras doenças crônicas, muitas das quais a medicina controla e dá sobrevida. Ironicamente, fica a dor. Que também pode ser tratada, pois já temos meios para tal. Posso acrescentar aqui um grande e importante coadjuvante neste tratamento o TANYX
A questão que surgiu foi: "porque preocupar-se com dor em um mundo cheio de doenças que matam?". Como pesquisadora digo: Quem disse que Dor Crônica não mata?, Existe inúmeros motivos, complicações por medicações, depressões que levam ao suicídio, desespero e revolta. Pois um ser viver literalmente em um purgatório em vida, deveria ser levado tão a sério quanto as doenças que "matam".
A resposta da OMS e da IASP foi muito clara: porque a dor está presente em todas elas. Dor é a dimensão silenciosa dos doentes que sofrem dessas doenças, pois a despeito do controle da doença sistêmica, a dor é que lhes causa, além de sofrimento, grande perda na qualidade de vida. 
A dor cursa com inúmeras doenças crônicas, muitas das quais a medicina controla e dá sobrevida. Ironicamente, fica a dor. Que também pode ser tratada, pois já temos meios para tal.
Dor crônica não tem utilidade biológica.
A dor crônica, quando presente, tem seu grupo de sintomas, paradoxalmente, já que é um sintoma; comporta-se como se fora uma doença em si. Imobilidade, depressão, alterações do sono, problemas nutricionais, dependência de medicamentos, de profissionais da saúde, de cuidadores e de instituições, incapacidade para o trabalho, ansiedade, medo, amargura, frustração, depressão e suicídio são algumas das complicações que podem acompanhá-la.
As mudanças no cérebro de quem sofre dor crônica têm sido motivo de inúmeras pesquisas. Com os estudos de neuroimagem mostraram-se até mudanças morfológicas em algumas áreas do córtex cerebral. E revisões científicas amplas mostram a extensão do problema. Mudanças físicas, funcionais e genéticas no cérebro de quem sofre dor persistente. 
Talvez, a complexidade dessas amplas alterações neuroplásticas sinalizem para a somatória de inúmeros fatores, adaptativos, de sobrevivência, e disfuncionais. A questão de reconhecer a complexidade da dor crônica, como se fora uma doença, é fundamental para a prática clínica, diferenciando-a da dor aguda, para fins educacionais, científicos e até administrativos.
 A dor, principalmente quando persistente, refratária ou crônica, deixa-nos atônitos. Afinal, dor não é um simples sintoma? Pois é, a questão é bem mais complexa.
Em casos de dores intensas constantes a pessoa se sente vivendo em um purgatório em vida, e neste caso quando se estende por anos a fio nada é mais grave, dito por muitos pacientes que nem a morte, pois esta se torna a esperança do alívio.
Isto hoje pode ser atenuado pelo TANYX, tirando o paciente do estado de loucura e desespero reduzindo de imediato a dor que o transtorna. Trazendo o alívio e acalmando. 
Por isto as informações a seguir são de extrema importância à quem sofre, mais uma luz se ascende à favor dos invisíveis, uma população enclausurada, escondida da sociedade por dores incapacitantes, além dos que lutam com dores inconstantes. Alguém está vendo e se importando. Graças ao olhar de Moacyr Bighetti. 
Quem tem dor tem urgência. Só quem tem sabe o valor do TENS.

Obrigada Bighetti, 
Maria Helena Nogueira




Neste dia 22 de Outubro de 2015 tivemos o 1º Fórum TANYX DA DOR, com  Dra. Gabriela Lauretti ministrou uma palestra online referente aos tipos de dores e como as dores afetam nosso organismo e o Dr. Paulo Giraldo ministrou  referente a doenças crônicas.

Neste Fórum tratamos de como ajudar portadores de dores crônicas, inclusive a Endometriose em que os portadores tem efeitos colaterais por medicamentos. Que possam realmente evitar as dores que incapacitam e destroem os portadores sem estes efeitos, o foco do TANYX que utiliza a tecnologia TENS é facilitar o acesso a um tratamento mais prático e de baixo custo, pois quando se fala em tratamento com a fisioterapia TENS, é sugestivo que o portador da dor crônica tenha que se locomover a um posto com o equipamento, já o TANYX, facilita muito a vida destes portadores pelo fato de ser portátil e autoaplicável.

Uma observação muito importante é que o TANYX deverá ser utilizado como complemento ao tratamento da doença que causa as dores crônicas e não como tratamento, pois o mesmo é utilizado somente para aliviar a dor, pois o TANYX vem regulado para a frequência da dor e agem diretamente sobre fibras nervosas Aß(A, Beta) interrompendo o envio dos estímulos de dores ocasionando a diminuição e até mesmo interrompendo a dor no local.

Primeiramente para que possamos compreender melhor irei passar algumas informações referentes ao TANYX, são elas:

Para entender o TANYX primeiro precisamos entender a tecnologia TENS, pois TANYX utiliza esta tecnologia, então o que seria TENS?

TENS – Neuroestimulação Elétrica Transcutânea ( Transcutaneous Eletrical Nerve Stimulation).
São estímulos elétricos controlados que em contato com a pele bloqueiam os sinais da dor que vão para o cérebro ( Teoria do Portão – Assista ao vídeo abaixo ).

video

Agora que entendemos um pouco sobre a tecnologia TENS, o que seria o TANYX?
Tão fácil quanto tomar um comprimido, TANYX é o único aparelho TENS regulado na frequência da dor, pronto para o uso e que pode ser utilizado a qualquer hora e em qualquer lugar.
TANYX desliga a dor sem remédio, aliviando ou eliminando as dores musculares, de articulação e até mesmo cólicas menstruais através de estímulos elétricos controlados.


São vários os benefícios 

  • ·         Portátil.
  • ·         Descartável.
  • ·         Autoaplicável.
  • ·         Sem risco de overdose.
  • ·         Sem efeitos colaterais.
  • ·         Pode ser utilizado várias vezes.
  • ·         Não restringe o uso de álcool ou outros medicamentos.
  • ·         Anatômico ( Pode ser utilizado a qualquer hora e em qualquer lugar).

O TANYX é indicado para:
  • ·         Dores agudas e crônicas.
  • ·         Dores lombares e cervicais.
  • ·         Dores abdominais.
  • ·         Dores nas extremidades e nervo ciático.
  • ·         Dor de cólicas menstruais ( dismenorreia, endometriose ).
  • ·         Dores musculares, contusões e tendinites.
  • ·         Dores nas juntas, artrites, bursites, luxações e entorses.

Contraindicações:
  • ·         Pacientes portadores de marca-passo ou desfibrilador.


 Obrigada às diretoras da Associação Nacional de Endometriose que participaram.

 Patrycia Matos.  Paraná.

 Andreia Luiza Da Silva.  de São Paulo

 Obrigada à secretaria de saúde de Uraí Paraná.

 

Por: Ronald Lopes


A seguir depoimentos, perguntas e respostas. Aguardem




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para nós. Participe.