A VERDADE SOBRE ENDOMETRIOSE QUE NINGUÉM VÊ OU QUER VER

endometriose Hoje, 3 de dezembro, é o dia mundial das deficiência invisíveis. Como a minha. Gostaria de dedicar este pensamento a todas as "pessoas", e eu escrevo entre aspas ironicamente porque não as considero essas mas as considero como esterco, que nos últimos anos têm gozado a minha doença, a minha dor física e moral, subestimaram as minhas condições De Saúde (a propósito: no dia 16 de dezembro eu volto na sala de cirurgia pela sexta vez em três anos), eles fazem piadas humilhantes no meu handicap, fingiram ser amigas. tentaram de todas as formas falar mal entre as rodas embora sabendo tudo de mim. Aqui está: saibam que existimos nós também #disabiliinvisibili, não somos Alex Zanardi, não somos Beatriz vio ou todos estes campeões de vida que elogiadas (com razão) nos vossos post. Somos pessoas anônimas, desconhecidas, que sofrem, que gritam sem ser ouvidas. Que sofrem humilhações e afrontas e não podem fazer nada. Eu estou doente. Sou uma mulher que sofreu três amputações: intestino, ampola retal e bexiga. Quatro exportações parciais: Ureter Sx, útero, vagina e ligamentos útero-Lombares. Tenho os nervos lombares tão estragos que se eu não tivesse incluído um neuro estimulador na coluna, não posso desempenhar as minhas funções corporais de forma independente. A minha doença não tem cura. Fico por aqui, não estou a listar as mil coisas que não posso mais fazer, porque não quero piedade. É agora que você perceba que as consequências da #endometriose não são piadas. Aqui trata-se de incapacidades permanentes, de órgãos amputados que não permitirão mais uma existência normal. O seu não reconhecer nós deficientes invisíveis é a demonstração da sua ignorância e, sobretudo, da sua mesquinhez. Não se ri nunca do sofrimento dos outros. Nunca. #Giornatamondialedelledisabilitainvisibili #Iosonodisabileinvisibile #Rompiamoilsilenzio CHEGA: #vamosgritar, #vamosgritar, #vamosgritar ASSINEM E REPASSEM A PETIÇÀO, PEÇA AOS AMIGOS QUE AJUDEM. #juntasnumasovoz não #vamosassinar, #vamosagir.

Obrigada Suzana Pires e Julio Fisher

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Atrofia Vaginal por uso de medicamentos que induzem a menopausa.

Não esqueça de imprimir a PETIÇÂO, depois fotografem, escaneie e nos envie, veja aqui ao lado>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Atrofia Vaginal: Alerta.

Bom meninas há tempos estou para fazer este post, pois o tema que vamos tratar hoje refere-se a fatos, aconteceu comigo e com algumas mulheres do grupo. E me sinto no dever de alertar porque o preço é muito alto.


Infelizmente estamos numa situação de que se correr o bicho pega se ficar o bicho come e se enfrentar sobrevivemos. Mesmo que em grande luta.
Há algum tempo venho sofrendo terrivelmente de mais uma nova dor, esta é no músculo que liga a vagina ao anus doi continuamente dia e noite, primeiro como de costume me automediquei, com pomadas vaginais, banhos com camomila, e permanganato de potássio. O que refrescava e aliviava, depois muito assustada achando ser algo mais grave por me impedir de dormir e mesmo tomando morfina não cessava a dor, já estava alucinada parecia um zumbi, fui parar no pronto socorro do HC, a gente pensa de tudo. Mas enfim, quando passei pela médica e ela deu o diagnóstico a tristeza me invadiu, era a dita cuja atrofia vaginal. E pasmem mais uma que não tem jeito, pode melhorar com uso de Estriol (hormônio), mas numa linguagem simples ela me descreveu, o tecido fica fininho e o nervo encolhe. Para nós é impossível usar esta pomada porque é tudo que a endometriose precisa, então ela passou uma que tem o mesmo efeito e não entra na corrente sanguínea, é localizada. A Colpotrofine 10mg. Que também seria ótimo não usar, mas é a única que acalma a dor, então vamos lá. Bom eu usei zoladex desde 1987, sempre parando por um ano e voltando a usar, nos últimos 5 anos usei sem parar pelo estado em que me encontrava, então estou em menopausa precoce desde os meus 26 anos. E Sabemos todos os efeitos colaterais destes medicamentos. Por isto vou passar aqui a bula de alguns para que vocês acompanhem e se cuidem. Por exemplo, não deixando de fazer sexo kkkk, mesmo que seja chorando, e exercícios vaginais.
 Aprendi a duras penas que este exercício vaginal é fundamental, não deixe a vagina ressecada, use sempre algum lubrificante, após defecar lave-se, pois ficamos muito susceptíveis a infecções. Temos que manter a elasticidade, a espessura e a umidade da vagina . Não posso deixar de relatar que o que está me ajudando é a fisioterapia vaginal, onde as meninas da Unifesp fazem massagem vaginal, colocam gelo, e isto tem me ajudado muito. Quero agradecer a Nina, a Carol, a Amanda enfim todas elas.

Obs: Fale sempre com seu médico. Só ele pode passar medicamento correto, até porque cada organismo é único. 
Vou colocar aqui as bulas de Zoladex, do allurene, prestem atenção meninas e redobrem a atenção com os ossos, passem a comer mais alimentos que contenham cálcio, tomem sol, cuidem dos dentes com maior atenção. Comam alimentos com menos gordura e açucar cuidando das artérias e coração, não esqueçam das fibras na alimentação para ajudar o intestino. 
A gente! Ja briguei tanto pra usar estes medicamentos, hoje estou pagando um alto preço, e pior nunca fiquei sem dor. Isto que é cruel. Mas pelo menos a endo não tomou conta de tudo, rsrs. 


A Seguir :Bulas  Allurene, Lupron, Zoladex



Próximo: O Grito de Patricia Vilaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para nós. Participe.