A VERDADE SOBRE ENDOMETRIOSE QUE NINGUÉM VÊ OU QUER VER

endometriose Hoje, 3 de dezembro, é o dia mundial das deficiência invisíveis. Como a minha. Gostaria de dedicar este pensamento a todas as "pessoas", e eu escrevo entre aspas ironicamente porque não as considero essas mas as considero como esterco, que nos últimos anos têm gozado a minha doença, a minha dor física e moral, subestimaram as minhas condições De Saúde (a propósito: no dia 16 de dezembro eu volto na sala de cirurgia pela sexta vez em três anos), eles fazem piadas humilhantes no meu handicap, fingiram ser amigas. tentaram de todas as formas falar mal entre as rodas embora sabendo tudo de mim. Aqui está: saibam que existimos nós também #disabiliinvisibili, não somos Alex Zanardi, não somos Beatriz vio ou todos estes campeões de vida que elogiadas (com razão) nos vossos post. Somos pessoas anônimas, desconhecidas, que sofrem, que gritam sem ser ouvidas. Que sofrem humilhações e afrontas e não podem fazer nada. Eu estou doente. Sou uma mulher que sofreu três amputações: intestino, ampola retal e bexiga. Quatro exportações parciais: Ureter Sx, útero, vagina e ligamentos útero-Lombares. Tenho os nervos lombares tão estragos que se eu não tivesse incluído um neuro estimulador na coluna, não posso desempenhar as minhas funções corporais de forma independente. A minha doença não tem cura. Fico por aqui, não estou a listar as mil coisas que não posso mais fazer, porque não quero piedade. É agora que você perceba que as consequências da #endometriose não são piadas. Aqui trata-se de incapacidades permanentes, de órgãos amputados que não permitirão mais uma existência normal. O seu não reconhecer nós deficientes invisíveis é a demonstração da sua ignorância e, sobretudo, da sua mesquinhez. Não se ri nunca do sofrimento dos outros. Nunca. #Giornatamondialedelledisabilitainvisibili #Iosonodisabileinvisibile #Rompiamoilsilenzio CHEGA: #vamosgritar, #vamosgritar, #vamosgritar ASSINEM E REPASSEM A PETIÇÀO, PEÇA AOS AMIGOS QUE AJUDEM. #juntasnumasovoz não #vamosassinar, #vamosagir.

Obrigada Suzana Pires e Julio Fisher

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Uhuuuuu!!! Novidades no Tratamento da Endometriose Profunda Chega ao Brasil, Primeiro dispositivo de dissecção ultrassônica sem fio, será lançado durante o 12º Congresso Mundial de Endometriose.





Estima-se que mais de 15% das mulheres, sofrem de endometriose, o que representa cerca de 15 milhões de brasileiras. Desse total, aproximadamente 40% sofrem de endometriose profunda 2, quando é necessária a intervenção cirúrgica para tratamento. A boa notícia é que uma nova tecnologia utilizada em cirurgias minimamente invasivas realizadas para o tratamento da doença acaba de desembarcar no Brasil. O Sonicision®, primeiro dispositivo de dissecção ultrassônica sem fio, será lançado durante o 12º Congresso Mundial de Endometriose, que ocorre de 30 de abril a 3 de maio no World Trade Center, em São Paulo.
O grande benefício da nova tecnologia é ajudar o cirurgião a separar os tecidos comprometidos sem a necessidade de suturar, cortando e cauterizando a parte indesejada com o calor do ultrassom, de forma minimamente invasiva, por laparoscopia (cirurgia por vídeo).
"A endometriose superficial apresenta-se em pequenas vesículas, que podem ser tratadas com hormônios. Quando esse tratamento não é feito, ou quando a endometriose é muito agressiva, formam-se cicatrizes de mais de 5 milímetros de espessura ao redor dessas vesículas. Essa é a endometriose profunda, quando a intervenção cirúrgica faz-se necessária", explica o Prof. Dr. Paulo Ayroza, especialista em endometriose profunda. "Nesse caso, é preciso ressecar o tecido doente - a fibrose que cresceu em volta da vesícula - com cuidado, para preservar a integridade do órgão, ou seja, cortar com rapidez e controlar o calor do aparelho cirúrgico, para não lesionar o órgão no qual o tecido está aderido".
Sobre a endometriose



Processo inflamatório no qual as células do endométrio - camada que reveste a parede interna do útero e onde o óvulo se implanta depois de fertilizado -, migram no sentido oposto, em vez de serem expelidas na menstruação. Ou seja, a mulher que sofre desse mal apresenta fragmentos do endométrio fora do útero, que caem nos ovários ou na cavidade abdominal, onde voltam a multiplicar-se e a sangrar.
Entre os principais sintomas, estão cólicas menstruais intensas, dor durante as relações sexuais, dificuldade para engravidar e sangramentos intestinais e urinários. Se não tratada corretamente, a endometriose pode causar infertilidade, dores crônicas e atingir os órgãos vizinhos, como bexiga, intestinos e ovários.
Sobre o dispositivo de dissecção ultrassônica sem fio Sonicision®
O dispositivo de dissecção ultrassônica sem fio Sonicision® é um avanço sem precedentes na energia ultrassônica. O dispositivo proporciona eficácia clínica comparável às tecnologias líderes do segmento, além de benefícios exclusivos do primeiro projeto sem fio do setor. O Sonicision® permite melhor liberdade de movimento na sala de operações através da inovação da tecnologia sem fio. As características de design aerodinâmico apresentam uma montagem rápida e simples, o que aumenta a eficiência na sala de operações. O dispositivo também utiliza um controle único de ativação de energia dual mode para a transição suave entre dois modos de potência dentro de um único botão. Esta característica permite que os olhos do cirurgião permaneçam no campo cirúrgico, em vez de focar no instrumento para aprimorar o processo.
Vencedor de uma série de prêmios (Medical Design Excellence Awards 2013, Excellence in Surgical Products em 2013, The Red Dot [Design] Award e Excellence in Innovation 2013), o Sonicision® é clinicamente testado3 e comprovado como um dos mais rápidos e eficazes dissecadores do mercado, além de produzir menos vapor cirúrgico em comparação aos seus concorrentes4, o que promove menor obstrução visual durante o procedimento - o que é crucial em cirurgias videolaparoscópicas. Além da cirurgia ginecológica de endometriose profunda, o Sonicision® também é indicado para cirurgias de Urologia e Gastroenterologia (incluindo Bariátrica e Colorretal), entre outras.
Sobre a CovidienA Covidien é uma empresa líder mundial em produtos de saúde que cria soluções médicas inovadoras para melhorar a recuperação dos pacientes, agregando valor através de alta tecnologia e excelência clínica. A Covidien fabrica, distribui e atende uma ampla gama de dispositivos médicos e suprimentos que são referência na indústria de produtos hospitalares. Com faturamento de US$ 10,2 bilhões em 2013, a Covidien tem mais de 38.000 funcionários em mais de 70 países, e seus produtos são vendidos em mais de 150 países. Visite www.covidien.com para saber mais sobre o nosso negócio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para nós. Participe.